O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) é uma instituição pública de ensino superior, cuja cultura institucional se caracteriza pela riqueza proveniente da diversidade e singularidade próprias de cada uma das seis escolas que o constituem (Agrária, Artes Aplicadas, Educação, Gestão, Saúde e Tecnologia).

O desenvolvimento do IPCB, que assenta em pilares claramente identificados no seu plano estratégico, caracteriza-se pela exigência de elevados níveis de qualidade, internacionalmente reconhecidos. Para além de adoptar as normas da European Association for Quality Assurance for Higher Education (ENQA) e as recomendações da European University Association (EUA), o Instituto Politécnico de Castelo Branco tem o seu Sistema de Gestão de Qualidade certificado pela norma ISO 9001:2008. Apesar dos resultados alcançados, importa que esses níveis de exigência sejam reforçados e visíveis nas várias vertentes da missão da Instituição, porque esse é o único caminho para a consolidação do IPCB, desafio que põe à prova cada um de nós individualmente e toda a comunidade académica colectivamente: docentes, estudantes, não docentes e agentes externos.

A disponibilização de um leque alargado de ofertas formativas, ao nível graduado e pós-graduado, a forte ligação ao mundo empresarial, educativo, social e cultural, a estreita articulação com o mercado do trabalho, a transferência de conhecimento e tecnologia e a estratégia de internacionalização, são apostas que garantem aos nossos diplomados uma formação integral, através da aquisição e desenvolvimento de competências científicas e técnicas, linguísticas, relacionais e culturais, preparando-os assim para responderem de forma competitiva às solicitações de um mercado de trabalho sem fronteiras, mas proporcionando-lhes também condições para poderem vir a desenvolver a sua própria actividade, através de incentivos à criatividade e ao empreendedorismo. A disponibilização de programas de aprendizagem ao longo da vida permite, ainda, aos que já são possuidores de formação superior ou que já estão inseridos no mercado de trabalho, a adaptação necessária aos novos desafios e às novas exigências.

Conhecemos a dimensão dos desafios e temos consciência plena do papel e da responsabilidade do IPCB no futuro do país e no desenvolvimento da região. Mas assumimos essa condição e o compromisso de liderar este projecto ao serviço do conhecimento e das pessoas.

Sejam bem-vindos ao Instituto Politécnico de Castelo Branco.

Carlos Maia

Presidente do IPCB