A criação da Rede Politécnica A23, consórcio liderado pelo Politécnico de Castelo Branco e que integra os politécnicos da Guarda e Tomar, foi aprovada no âmbito do aviso 01/ 2021 do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), com um financiamento global elegível de 4.742.000€.

Trata-se de um consórcio focado nas áreas de Proteção de Pessoas e Bens e Competências Digitais que procura dar resposta aos dois programas previstos no aviso da candidatura: Programa Impulso Jovem para as áreas STEAM - ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemáticas e Programa Impulso Adultos.

Neste âmbito, está prevista a criação e lecionação conjunta de novas formações nas áreas mencionadas, nomeadamente Cursos Técnicos Superiores Profissionais, programas de pós-graduação e formações curtas direcionadas à população ativa.

A Rede Politécnica A23 inclui ainda cerca de 30 entidades parceiras, nomeadamente comunidades intermunicipais, autarquias, associações empresariais, agrupamentos de escolas, empresas e instituições públicas.

Recorde-se que o protocolo de cooperação no âmbito deste consórcio foi assinado no dia 25 de outubro de 2021, em Proença-a-Nova, com a presença do Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira.

Partilhe