Bolsas para estudantes
 
O Instituto Politécnico de Castelo Branco, numa constante preocupação em evoluir e inovar nos processos de ensino e aprendizagem e na procura da promoção da valorização e partilha de conhecimento, com impacto significativo para o desenvolvimento de competências, oferece aos seus estudantes a possibilidade de participar e colaborar com organizações e facilitadores em desafios de cocriação, no âmbito do programa internacional DEMOLA.
 
O projeto permite ao estudante:
  • Participar num projeto de âmbito internacional;
  • Trabalhar em equipa e em ambientes multidisciplinares de cocriação;
  • Participar na resolução de problemas reais apresentados por organizações (empresas e instituições), que permitem a cocriação de ideias ou conceitos;
  • Propor soluções para desafios ou problemas reais da comunidade;
  • Adquirir competências transversais de desenvolvimento do pensamento crítico, de comunicação, de trabalho em equipa e de trabalho colaborativo;
  • Comunicar e expor o desenvolvimento de um desafio perante distintos intervenientes.
 
A participação no projeto oferece ao estudante a possibilidade de:
  • Desenvolvimento de competências assentes em contextos reais;
  • Desenvolvimento de uma rede de contactos e networking com organizações nacionais e internacionais;
  • Ter contacto e experiências internacionais no âmbito do projeto;
  • Participação em projetos de cocriação através do recurso a metodologias inovadoras;
  • Valorização curricular, através da creditação curricular de 6 ECTS ou através da creditação de competências;
 
Além de todas as vantagens os participantes nas equipas de cocriação podem usufruir de uma Bolsa de Cocriação (financeira), (estudantes do Politécnico de Castelo Branco e dos Politécnicos do consórcio) que cumpram os critérios de elegibilidade e atribuição de bolsa. A bolsa tem o valor de 440€ (220€ x 2 meses).
 
Critérios de elegibilidade (Art.º 5º):
1. São elegíveis para a candidatura a uma bolsa, todos os estudantes dos Politécnicos do Consórcio, que participem nas equipas do processo de cocriação de inovação, com inscrição válida, no momento da candidatura, num Curso Técnico Superior Profissional, numa licenciatura ou num mestrado, independentemente da unidade orgânica que frequentem, desde que cumpram os requisitos do Projeto LinkMeUp (AVISO N.º 01/SIAC/2020, Anexo A, n.º 4), designadamente:
    a) Possuir nacionalidade portuguesa ou residir em Portugal;
    b) Possuir uma idade compreendida entre os 18 e os 40 anos;
    c) Não possuir outra fonte de rendimento, a ser comprovada com a entrega da declaração de rendimentos, quando solicitado, nos termos do artigo 11º deste Regulamento.

2. Para os efeitos da alínea a) do n.º 1 do presente artigo entende-se como residência em Portugal ter residência fiscal em Portugal.
 
Critérios de atribuição de bolsa (Art.º 9º):
1. A concessão da bolsa encontra-se dependente do cumprimento dos requisitos de candidatura e da participação efetiva em todas as fases do processo de cocriação, a ser validada pelo facilitador, incluindo:
    a. participação do estudante nas diversas atividades de cocriação:
       i) “kick-off” – arranque do projeto,
       ii) Participação nas reuniões síncronas com a equipa;
       ii) Apresentação oral final e apresentação do relatório final;
    b. Cumprimento das tarefas que são indicadas pelos facilitadores, quer nas sessões síncronas, quer nas sessões assíncronas (trabalho autónomo);
    c. Capacidade de trabalhar em grupo e contribuir positivamente para o resultado, indicador a ser aferido pelo(s) facilitadores da equipa.

2. A validação dos elementos referidos no ponto anterior deverão ser vertidos em relatório a elaborar pelo facilitador responsável pela equipa em que o estudante participa.
 
Existe um número de bolsas a atribuir, limitado ao orçamento estipulado no orçamento do projecto. Caso o número de estudantes candidatos seja superior ao número de bolsas disponíveis, aplica-se o disposto no art.º 10 do Regulamento.
 
Consulta o Regulamento de atribuição de bolsas do Politécnico de Castelo Branco a estudantes no âmbito do Projeto Link Me Up – 1000 ideias (Regulamento n.º 598/2021, Diário da República n.º 126/2021, Série II de 2021-07-01).

FORMULÁRIO

Para mais informações contacte-nos através do seguinte email: ceder@ipcb.pt.
Esta ação decorre no âmbito do projeto “Link Me Up - 1000 ideias - Sistema de Apoio à co-criação de inovação, criatividade e empreendedorismo" (POCI-03-33B5-FSE-072070), com o objetivo de promover ecossistemas de inovação e fortalecer a colaboração entre a academia e as empresas através da facilitação de projetos que envolvem equipas multidisciplinares de estudantes, professores e organizações/empresas na resolução conjunta de desafios ou problemas reais dessas entidades.
Este é um projeto em rede que agrega 13 instituições de ensino superior politécnico e diversos parceiros da rede de instituições de ensino profissional, que irá decorrer ao longo de três anos e que tem o apoio financeiro do COMPETE/Portugal 2020.